Sobre a Complexidade

A complexidade compreende a vida, a natureza; a sociedade e suas relações sociais; as interações no mundo quântico e suas influências no mundo físico; o mundo cósmico e sua influência no universo conhecido; os sujeitos e suas relações com a sociedade. São sistemas auto-eco-organizadores que se interdependem, que se interconectam no tempo e no espaço. Conforme Capra (2002, p. 267): “em todos os níveis de vida – desde as redes metabólicas dentro da célula até as teias alimentares dos ecossistemas e as redes de comunicações da sociedade humana –, os componentes dos sistemas vivos se interligam sob a forma de rede”. Em verdade nada consegue se manter isolado, embora sejam mantidas sempre as identidades e as individualidades de cada organização sistêmica e de suas partes. (SÁ, 2019, p. 17).

Contribuições teórico-metodológicas do pensamento complexo para a construção de uma pedagogia complexa. In: SÁ, R. A. de; BEHRENS, M. A. Teoria da Complexidade – contribuições epistemológicas e metodológicas parra uma pedagogia complexa. Curitiba: Appris, 2019, p.17-63.

Livros sugeridos

Teoria da Complexidade: Contribuições Epistemológicas e Metodológicas Para Uma Pedagogia Complexa

Marilda Aparecida Behrens e Ricardo Antunes de Sá

A partir dos pressupostos epistemológico e metodológico do pensamento complexo, compreendemos que há implícita uma pedagogia complexa que poderá contribuir para os desafios e enfrentamentos da vida, da escola, da formação de professores e pedagogos, da sociedade e da educação do século xxi; apontará para a religação dos saberes, para a necessidade do diálogo epistêmico entre as áreas do conhecimento superando uma visão reducionista, maniqueísta, diabolizante e excludente que, muitas vezes, observamos existir no campo da educação brasileira; estará fundamentada numa racionalidade aberta, que produz um conhecimento pedagógico aberto, dialógico que cooperará e contribuirá para a formação de intelectuais da educação comprometidos com a reforma do pensamento, e, por extensão, com a reforma da educação; se apropriará do método, da estratégia que situa, que contextualiza e que globaliza as informações, os conhecimentos; elaborará um conhecimento pedagógico pertinente para os processos educativos comprometidos com a reforma do pensamento, com uma educação para a lucidez; ensinar-nos-á a condição humana; ensinar-nos-á a compreensão humana opondo-se veementemente à barbárie de qualquer matiz; constatará e tratará dos processos de conhecer a realidade, a incerteza, o erro e a ilusão como elementos constituintes da dinâmica do conhecimento; resgatará os princípios éticos e estéticos no processo de formação humana. Esta obra reúne ensaios, pesquisas e reflexões teóricas destinada a todos os pedagogos e professores que enfrentam os desafios de compreenderem a complexidade humana e intervirem de forma crítica e compreensiva na complexa e multidimensional realidade educacional com vistas à construção de uma pedagogia complexa.
Tecnologias e Mídias Digitais na Escola Contemporânea: Questões Teóricas e Práticas

Ricardo Antunes de Sá

Na era digital, é um grande desafio para os educadores, pedagogos, professores e gestores escolares criar condições para que as tecnologias e mídias digitais efetivamente sejam utilizadas, e, sobretudo, que estejam integradas ao processo pedagógico da escola básica contemporânea. Esta coletânea de estudos procura mapear a temática no sentido de revelar as concepções, reflexões, análises e proposições que os profissionais da escola vêm apresentando no diálogo teórico, epistemológico e pedagógico com as instigantes e desafiadoras transformações que a ciência e as tecnologias da informação e da comunicação vêm promovendo junto aos processos econômicos, políticos, culturais e educacionais na contemporaneidade. A leitura deste livro proporcionará ao leitor elementos teóricos e práticos que o auxiliarão na compreensão político-pedagógica acerca do desafio imediato da utilização e integração das tecnologias e mídias digitais no seu processo escolar, objetivando, sempre, a formação humana.
Didática e formação de professores: Complexidade e transdisciplinaridade

Akiko Santos, João Henrique Suanno e Marilza Vanessa Rosa Suanno

O ofício do professor é complexo! E mais complexo se torna quando se pretende uma mudança no modo de educar. Os conceitos da pedagogia tradicional, transformados em senso comum, têm suscitado a crença de que o bom educador é aquele que leva mais alunos à aprovação nos provões de fim de ano, moldando atitudes e expectativas para a preservação do sistema vigente. Assim, o aprender se torna sinônimo de sacrifício, abnegação, boa memória, racionalidade, objetividade e rigidez, renunciando à dimensão poética da vida. Esse modelo de educação mostra-se defasado em relação à sociedade atual, exigindo dos educadores uma pedagogia que não limite, mas, sim, edifique os jovens, visando a desenvolver suas características humanas em todas as dimensões – jovens que saibam pensar, que saibam dialogar, ouvindo diferentes pontos de vista, que tenham o prazer de aprender, para que saibam dominar as suas habilidades emocionais, cognitivas, poéticas e espirituais.Os artigos que compõem este livro mostram as múltiplas possibilidades criativas de abordagem didática, contornando os obstáculos do sistema e da formação disciplinar. Com este livro, os leitores que abraçarem a utopia de uma humanidade melhor terão subsídios para fazer a sua própria criação didática, dialogando com o novo e transformando-se juntamente com seus alunos.
Complexidade e transdisciplinaridade: novas perspectivas teóricas e práticas para a formação de professores,

Marilda Aparecida Behrens e Romilda Teodora Ens

Complexidade e transdisciplinaridade: novas perspectivas teóricas e práticas para a formação de professores, organizada por Marilda Aparecida Behrens e Romilda Teodora Ens, tem como finalidade ampliar a reflexão sobre as temáticas que envolvem complexidade e transdisciplinaridade para a formação de professores. Destina-se aos profissionais da educação e de outras áreas do conhecimento, no sentido de contribuir por meio da produção de conhecimento e dos resultados de pesquisas advindas das discussões dos grupos envolvidos na temática. Esta obra nasceu do intercâmbio de pesquisadores nacionais e internacionais que se debruçam na temática, em especial nos reflexos de novos paradigmas para a ação docente. Para tanto, foram convidados renomados autores nacionais e internacionais para compor este livro. Ao organizarmos a obra, elegemos como eixo norteador a congruência dos estudos dos autores sobre o pensamento complexo, em uma verdadeira tessitura entrelaçando os fios das pesquisas, dentre outros pesquisadores relevantes apresentados ao longo dos textos, distinguimos os achados dos estudos de Edgar Morin, que subsidiam grande parte dos capítulos.

Links interessantes